Política, Cultura e Direito


Golpe em Honduras e a mídia

Pérolas de jornalista.

 

Os prepostos das grandes corporações das comunicações são fantásticos. Como é fácil mentir. Basta colocar a disposição de alguém um instrumento poderoso e pode falar o que quiser, sem questionamento. Aquilo é a verdade e pronto.

Acabo de ouvir pelo rádio um comentário da brilhante jornalista e dona da verdade sobre a situação de Honduras, mais ou menos assim.

Primeiro condena o golpe, até porque o governo norte-americano também condenou e não ficaria bem contrariar o chefe. Mas depois vem o espetáculo da desinformação. “O presidente deposto pretendia fazer um plebiscito para se perpetuar no poder”. Qualquer um sabe que no domingo do golpe não haveria plebiscito, mas sim uma consulta (o voto sequer seria obrigatório) para saber da população sobre a possibilidade de um plebiscito juntamente com as eleições presidenciais que também poderia decidir sobre a convocação de uma constituinte. Ou seja, na próxima eleição ele próprio afirmou que não poderia ser candidato. O crime de Zelaya foi o de querer perguntar ao povo.

Em seguida a moça aproveita para atacar o “eixo do mal”. Diz que a posição de Hugo Chavez é contraditória, porque ele condena o fechamento de meios de comunicação em Honduras, mas fecha canais de televisão que fazem oposição ao seu governo. Aí o negócio fica interessante. Primeiro, porque Chavez não “fechou” canal de televisão algum, mas sim deixou de renovar uma concessão do serviço público.

Depois, a ilustre jornalista considera normal se utilizar de concessão de serviço público para fazer oposição ao governo, mas nada fala que a tal concessão do serviço público (faço questão de repetir: concessão de serviço público!!!!) se utilizou dessa prerrogativa para articular um golpe de estado!!! Possivelmente, para esse tipo de gente, golpe de estado para depor um presidente que eles não gostam, pode ser legítimo.

Mas chega de falar das corporações da mídia... não vale a pena.... é jogar pérolas aos porcos.

 

Luiz Gustavo

 



Escrito por Luiz às 08h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sul, JOINVILLE, Homem, de 36 a 45 anos
Histórico
Categorias
  Todas as Categiorias
  Link
Outros sites
  Rebelion
  Em defesa do Marxismo
  Vivo na Cidade - blog
Votação
  Dê uma nota para meu blog